Adaptações feitas com os livros de português como segunda língua

Olá, professores.
Temos adotado os livros de português para estrangeiros como material didático base para disciplina de português. Essa é uma tentativa de implementar a aplicação do método de ensino de segunda língua. Concomitante a isso temos estudado (grupo de discussão semanal) as publicações sobre métodos de segunda língua, em especial o método comunicativo que vem sendo apontado na lingüística aplicada como o mais adequado para ensino-aprendizagem de L2.
Sentimos que precisamos fazer várias adaptações quando vamos aplicar o material de ouvintes em alunos surdos.

TRABALHANDO A HABILIDADE DE COMPREENSÃO:
Por exemplo, os livros vêm com um CD para trabalhar a compreensão auditiva da fala em português, nesses casos pensamos em adaptar da seguinte maneira, se a habilidade a ser trabalhada é a compreensão, então vamos fazê-la pela leitura. Os professores precisam ouvir o CD e transcrever em um slide do PowerPoint cada diálogo. Dessa forma, quando tiver no livro um exercício de compreensão o aluno surdo poderá visualizar o diálogo e escolher a alternativa correta conforme as informações retiradas do diálogo escrito.


TRABALHANDO A HABILIDADE DE EXPRESSÃO:
Há também várias atividades de conversação em português, para que os alunos façam uso do vocabulário e estruturas apresentadas na unidade. Pensamos que se os alunos o fizerem por meio da Libras não estarão atingindo o objetivo que é de treinar o português, então segue algumas adaptações pensadas por nós.
1- Usar a sala de informática com o MSN. Dessa forma os alunos podem treinar a conversação real por meio da escrita.
2- Escrever o diálogo em uma folha de papel.
3- Escrever previamente as sentenças do dialogo em fichas e misturá-las. Dessa forma um aluno A escolhe uma ficha que contenha um texto pertinente ao início de um diálogo, o aluno B escolhe outra que combine como resposta ao que o A selecionou e assim por diante.



Acreditamos estar no caminho certo...

O professor deve se apropriar dos recursos tecnológicos para proporcionar aulas mais interessantes.
26-03-09

Um comentário:

arthur m disse...

Gostei muito das sugestões para desenvolver a expressão escrita do aluno surdo. Mas preciso de mais sugestões práticas, pois tenho dois alunos surdos que não alfabetizados já com 11 anos de idade. Eles se comunicam com libras, entretando a grande dificiculdade é que eles escrevam com autonomia. Estou utilizando um livro de alfabetização para ouvintes, e adaptando para eles, fazendo atividades com desenhos , figuras, associando o sinal em libras, a escrita em portugues, com o desenho a ilustração. Espero que consigamos juntos que eles aprendam a escrever e ler o português. Espero mais sugestões. Flávia.

Postar um comentário

Copyright @ Ensino de Português-por-escrito ..... para Surdos | Floral Day theme designed by SimplyWP | Bloggerized by GirlyBlogger